Valve pode acabar com bundles de jogos na internet

A Valve irá alterar a política de distribuição de keys (ou códigos do Steam) para os desenvolvedores de jogos, a fim de diminuir o número de vendas dos games fora da sua plataforma.

Em um post no fórum somente para desenvolvedores, a dona da plataforma de jogos comunicou que não irá mais entregar códigos automaticamente para as empresas que fazem os games.  O print (que pode ser conferido abaixo em inglês) mostra que a Valve irá fazer uma análise aprofundada no número de vendas e outras questões que possam influenciar o pedido de novas keys que não correspondam com o desempenho do jogo na loja.

Post de Sean Jenkin, da equipe de suporte ao desenvolvedor da Valve. Créditos: Sergey Galyonkin / Steamspy

O exemplo dado por Sean é de um jogo que tenha vendido algumas milhares de cópias e o desenvolvedor pede 500 mil keys.

A ideia da Valve é de diminuir o tanto de keys geradas e que acabam em sites de Bundles, o que faz com que os usuários comprem vários jogos de alta qualidade pelo preço de um. E com a venda fora do Steam, a Valve não recebe nada com a venda.

Os desenvolvedores que possuem acesso ao Steamworks (um API que do Steam exclusivo para desenvolvedores) pode gerar keys à vontade. Essas keys geralmente servem como forma de divulgação, pois são dadas para imprensa, youtubers, etc. Mas há quem utilize também para enviar para os sites de bundle em grande número.

 


Moreno Valerio

Moreno Valério é um estudante de Jornalismo e mestre Pokémon nas horas vagas. Aprendeu a jogar antes de andar. Tudo se iniciou com um Atari, mas foi com o Super Nintendo que começou a amar essa coisa de games. Adorador dos jogos de luta – e da FGC – não passa um dia sem soltar uns Hadoukens em seus adversários, mas intercala com jogatinas de outras franquias. Youtuber por escolha, não vive sem Harry Potter, Star Wars e Game of Thrones.


2012-2017 | Meia-Lua