BGS 2018 | Jogamos Sekiro. Veja Nossa Review do Jogo!

Um jogo aguardado

Se tem um jogo que eu queria muito ver qual era a dela, era Sekiro. Depois de alguns vídeos e trailers a hype só aumentava. E não só pelo estilo do jogo, mas também por todo o folclore relacionado a ele.

A cultura japonesa é algo que fascina e inspira muito a cultura pop ocidental, fora animes e mangás que são comumente consumidos por aqui. Então essa característica do game se torna em mais um atrativo. Ver samurais batalhando entre si e contra deuses e figuras do folclore e mitologia japonesa é um ponto muito positivo e comercial. Não é verdade?

Então ao chegar logo na BGS 2018 o estande da Activision estava relativamente vazio, então aproveitei para reservar meu lugar para uma leve jogatina do game.

Experiência e frustração

Foram 10 minutos de puro sofrimento e aprendizado. No total eu morri 5 vezes, porém a cada tentativa de jogo eu buscava formas diferentes de aproveitar o game e tentar concluir a missão que estava disposta.

Primeiro comecei indo direto para o ataque (definitivamente a pior estratégia). Passei rápido dos dois primeiros guardas, apesar de eles terem me notado antes da batalha. O problema começou ao tentar subir para um campo onde estava um atirador e pegar o esquema de escalar as paredes. Mas até aí estava tranquilo. Quando surgiu o general, o rolê ficou sério. E como eu estava em modo de ataque, morri bem rápido.

Da segunda tentativa em diante eu comecei a mudar meu método de jogo aos poucos. Fui mesclando mais um esquema stealth com agressividade. Sempre aprendendo cada vez mais como usar recursos do cenário para ajudar e como derrubar cada inimigo ou tomar vantagem em combate.

Mas apesar disso não consegui chegar ao mestre final da fase pois parei sempre no general. ☹
Porém aprendi muito sobre o jogo e pude aproveitá-lo de diversas formas. Podendo assim concluir que ele cabe muito no mesmo estilo de jogo da série Souls. Na qual você tem que sempre estar atento com a sua esquiva. Mas diferente dos Souls, você ainda tem chance de jogar na loucura e sair desferindo “Katanada” em todo mundo. Mas não aconselho.

Além disso, usar o método de rebater o ataque inimigo para abrir uma brecha de ataque também é muito útil e muito favorável. Porém, o difícil é acertar a hora exata e não tomar o dano. Então tome cuidado.

Esse jogo tá uma delícia

E com isso posso dizer que o jogo está muito bom e interessante. Ao menos na parte que joguei estava incrível e bem desafiador. O fato de poder ser aproveitado de várias formas soma muitos pontos a seu favor. Ainda mais com o background da cultura japonesa, esse jogo se torna cada vez mais uma DELÍCIA.

Sekiro está programado para ser lançado para Xbox One, PS4 e PC no dia 22 de março de 2019. E para mais notícias, fique atento ao nosso site e siga nossas redes sociais:
Facebook – Instagram – Twitter – Grupo Facebook


Fã de Pokémon desde a infância na época da Eliana na Record. Ama video jogos no geral e atualmente possui um XOne, um 3DS e um computador cheio de emuladores. Cursa multimídia na ETEC Carapicuíba e pretende continuar sendo Designer.


2012-2017 | Meia-Lua