Grace de Mônaco: O conto de fadas da princesa atriz política – Crítica

A vida de Grace Kelly, a atriz e princesa de Mônaco, é o tema do filme Grace de Mônaco, estrelado por Nicole Kidman. Como a própria personagem diz logo no começo do filme, “é uma história de contos de fadas”. No filme dirigido por Olivier Dahan, acompanhamos o final da trajetória profissional de Grace Kelly nos cinemas e a transição de atriz para princesa, ao se casar com o príncipe de Mônaco Rainier III (Tim Roth).

Grace-de-Monaco-Poster

O filme nos mostra a vida cotidiana dentro do palácio de Mônaco, uma pequena nação ao sul da França, e a dúvida de Grace quanto continuar a
sua carreira de atriz ou se dedicar à família e ao seu novo reino, sob intensa pressão política. O princípe está envolto em questões diplomáticas
e Grace solitária em um castelo tão grande e cheias de normas rígidas.

Somos presenteados com a bela paisagem europeia dos anos 1950. Mônaco tem cenários incríveis e é bem bonito percebermos enquano acompanhamos a narrativa, que apresenta certa tensão política, quando o Rei da França exige que os governantes de Mônaco taxassem seus cidadões. É uma parte da história um tanto curiosa para quem gosta desses assuntos.

grace-of-monaco-2

É interessante ver a personagem crescendo, com tantos problemas surgindo e como ela vai se posicionando frente à eles. Nicole Kidman está
muito linda como princesa, mas diversas vezes parece um pouco forçada e cai num certo clichê.

Esperava ver um filme biográfico sobre a beleza, riqueza e simpatia de Grace Kelly, uma atriz tão popular quanto Marilyn Monroe em sua época. No início do filme, com um prelúdio nos avisando que seria um filme de contos de fada, já tinha criado bastante expectativa quanto à magia,
elegância e sedução com aquele temperinho Disney.

grace-of-monaco-nicole

Fiquei bastante curioso com os caminhos que poderiam seguir. Mas infelizmente não foi
bem isso o que foi apresentado. Grace de Mônaco é um filme pouco sedutor. Horas parece um registro político e a história é previsível apesar de ser baseada em fatos reais. Não me cativou tanto.


Eduardo D'Angelo

Também conhecido como Chase Faster, nasci em 1984, sou apaixonado por Action Figure, Música e coisas nerd/geek. Sou leitor assíduo da editora Marvel Comics, gosto mais de X-Men (fase azul do Jim Lee, em específico), curto alguns mangás/animes (Saint Seiya / Yu Yu Hakusho / Hokuto no Ken & Sailor Moon), curto muito os filmes dos anos 80 no estilo John Hughes e sci-fi futuristas (Save Ferris / Goonies & Blade Runner). Fui DJ uma época, trazendo músicas japonesas (J-Rock/Visual Kei) para as baladinhas alternativas de São Paulo. Sou designer gráfico e 2014 iniciei o projeto “filtro365”, com o desafio de tirar uma foto por dia do meu cotidiano e no fim transformar em uma peça gráfica (talvez um livro?). Atualmente estou no projeto #Sketch365 que consiste em fazer um desenho por dia, nem que seja meia horinha por dia dedicado à ilustração e este projeto evoluiu e se tornou o site www.proudlynerd.com .


2012-2017 | Meia-Lua