Família de pendrive criptografado com teclado alfanumérico integrado da Kingston ganha modelos de menor capacidade

A Kingston, maior fabricante mundial independente de produtos de memória, acaba de adicionar novas capacidades de armazenamento ao DataTraveler 2000, pendrive com teclado alfanumérico integrado e que independe de um sistema operacional específico, pois possui criptografia baseada no próprio hardware. Agora, além de modelos com 16GB, 32GB e 64GB, o dispositivo passa a ter versões também de 4GB e 8GB, capacidades que ajudam na segurança corporativa e igualmente atendem a usuários que buscam facilidade de uso e não podem correr riscos em caso de perda ou extravio. Toda a linha DataTraveler 2000 é certificada pelo FIPS-197, possui criptografia padrão AES 256 bit e proteção via código de acesso, digitado no teclado alfanumérico integrado ao dispositivo. Os modelos com 16GB, 32GB e 64GB já estão disponíveis no Brasil e as versões com 4GB e 8GB devem estar à venda ainda em 2017, por preços sugeridos de R$ 289,90 e R$ 379,90, respectivamente.

“Os pendrives de menor capacidade limitam a quantidade de dados que podem ser copiados de uma rede, dificultando a transferência de informações muitas vezes sigilosas, e ao mesmo tempo evitando problemas maiores no caso de perda ou roubo da unidade”, diz Paulo Vizaco, diretor executivo da Kingston Brasil. “A maioria dos casos de vazamento de dados acontece pelo acesso indevido à rede de uma organização, e com as versões de 4GB e 8GB do DataTraveler 2000, menos dados podem ser copiados e, consequentemente, menos dados podem vazar”, reforça Vizaco.

O DataTraveler 2000 foi projetado para atender às necessidades de profissionais de segurança de tecnologia da informação, pequenas e médias empresas e usuários finais e corporativos que precisam proteger seus dados digitais. A unidade pode ser implementada facilmente em um ambiente de trabalho onde vários dispositivos estão em uso, já que independe de qualquer sistema operacional e toda sua segurança está baseada no próprio hardware. Ou seja, a criptografia é feita sem softwares ou hardwares auxiliares e, para utilizar o pendrive, basta digitar a senha no teclado alfanumérico e inseri-lo em uma porta USB 2.0 ou USB 3.1 geração 1 (USB 3.0).

O DataTraveler 2000 possui um teclado alfanumérico que permite aos usuários bloquear a unidade com uma combinação de palavras ou números, fácil de ser criada. Uma reinicialização do disco completo, em que os dados existentes são excluídos e uma nova senha deve ser criada, ocorre após dez tentativas de senhas erradas e consecutivas. Para garantir ainda mais segurança, há também um recurso de bloqueio automático que é ativado quando a unidade é removida de um dispositivo host, mesmo que não seja desligada corretamente antes da ejeção. Altamente resistente e durável, o modelo ainda tem uma proteção de alumínio que evita danos por acúmulo de poeira ou contato com água.

O DataTraveler 2000, assim como toda a linha de pendrives criptografados da Kingston, possui garantia limitada de cinco anos, suporte técnico local gratuito e a confiabilidade da marca Kingston. Mais informações sobre a Kingston estão disponíveis em www.kingston.com.br.

 

Nota: O nome e o logotipo Kingston são marcas registradas da Kingston Technology Corporation. Todos os direitos são reservados.  Todas as demais marcas são propriedade de seus respectivos detentores.


Vanessa Reis

Conhecida como Van, Ban, Vanzinha é concurseira de plantão, e treinadora Pokémon quase em tempo integral. Portadora do poderoso martelo do Banhammer e a sétima integrante no meio dos Cavaleiros da zoeira apocalíptica. Apaixonada por vídeo games desde a infância com seu Atari, Super Nintendo, Mega Drive, Master System e Sega Saturn. Atualmente fã de carteirinha de Pokémon, amante das aventuras de Lara Croft em Tomb Raider e derrete-se pela beleza de Nathan Drake em Uncharted. Jogos de terror ocupa sua preferência como um de seus gêneros favoritos como Resident Evil, Outlast, Five Nights at Freddy’s além de escolher os jogos de terror e atormentar o Caio Nobre para jogá-los. Jogos de histórias apaixonantes e bizarras de RPG Maker como To The Moon e Corpse Party também tem um espaço especial no seu coração. Amante da leitura, desde o romance até aventura, principalmente pelas obras de C.S. Lewis e Tolkien, onde aguarda uma oportunidade de visitar Nárnia e a Terra Média. Presente em todas as livestreams do canal, foi treinada no exército da zoeira do Meia Lua e quando seu martelo poderoso está em ação ele não erra seu alvo.


2012-2017 | Meia-Lua