Diretor de God of War conta como sua experiência com Mad Max e George Miller o inspirou

Em sua mais recente entrevista para o Gamespot, Cory Barlog, diretor de God of War, revelou o quanto seu trabalho foi inspirado por Mad Max e também pelo seu diretor, George Miller.

Para quem não se lembra, após Cory deixar a Sony em 2008, foi anunciado que ele estaria trabalhando em um novo jogo de Mad Max em colaboração com George Miller.

O projeto desandou e posteriormente foi substituído pelo game lançado pela Avalanche Studio em 2015.

Apesar de não ter dado frutos, Barlog diz que sua experiência durante este período expandiu sua visão tanto pessoal, quanto profissionalmente. Evolução esta que foi de extrema importância para encabeçar o desafio de construir a nova aventura de Kratos.

Cory diz:

“É uma pena que às vezes os jogos acabem indo em uma direção diferente. Com isto, eu e George acabamos não trabalhando juntos neste. Mas os aprendizados que consegui com isso definitivamente tornaram [God of War] possível”.

Ele diz que a experiência durante sua estada na produção do game de Mad Max inspirou partes de God of War, mas ressaltou o quão diferente foi trabalhar neste projeto.

“Nenhuma das minhas ideias para Mad Max foi aplicada em God of War, mas a ideia de desenvolver relacionamentos durante uma jornada, os ideais e personagens se desenvolvendo juntos no decorrer da mesma foi algo que comecei a explorar no esboço de Mad Max.”

Estamos a 7 dias do lançamento de God of War e você pode conferir mais de nossa cobertura em nossa site ou em nosso canal do YouTube.

Fonte: ComicBook


Caio Nobre

Fã de Assassin’s Creed, espartano, parceiro de Kratos e Ezio e autor do #Xalala. Caio Nobre trabalha com tecnologia da informação, e não, não conserta impressoras. Embarcou no mundo dos games com o todo poderoso e mais foda console (chupem seguistas…kkk) Super Nintendo. Curte todo e qualquer conteúdo nerd como games, filmes, séries, HQ’s etc. É um amante de jogos de terror, #sqn, e tem uma grande afeição pelo carismático Slender.


2012-2017 | Meia-Lua