sony ps4 spider man

Diretor criativo de Spider Man diz que jogo só foi possível graças à Sony

Muitos gamers por aí possuem uma memória muito boa (talvez apenas a memória) dos games antigos de super heróis. Quem não gostava daquele bom e velho Spider Man de PS1?

Graças à evolução dos heróis no cinema, a expectativa ao redor de jogos dessa temática têm sido enorme. Desde que Batman ganhou seus jogos maravilhosos na geração passada o público passou a ficar mais exigente. Todo esse hype em torno de superheróis caiu sobre o colo da Insomniac Games com seu novo game que traria de volta o amado Homem Aranha de volta aos consoles.

Já após seu lançamento, o jogo tem feito sucesso no mundo todo e recebido ótimas críticas.

Em entrevista ao Kinda Funny Games, Brian Intihar – Diretor criativo de Spider-Man – disse que a qualidade alcançada no resultado final do projeto deu-se graças à liberdade criativa oferecida pela Sony aos desenvolvedores.

Esse jogo não existiria se não fosse pela Playstation, se não fosse pelo suporte. Sempre que eu queria fazer algo, alguma mudança drástica, era tipo “Okay”. Eu nunca tive que ouvir nada. Era só tipo “Vá e faça”. A questão era “Isso vai tornar o jogo melhor?” e eu dizia “Sim” então eles “Okay” e essa era a última vez que falaríamos daquilo.

A atitude da Sony com relação aos desenvolvedores pode ser consequência de uma mudança na indústria dos games nos últimos anos. Desde que games como No Man’s Sky e Assassin’s Creed Unity foram lançados claramente com qualidade aquém do esperado, as empresas têm dado mais atenção à qualidade do que velocidade de desenvolvimento. Esperamos que esse modelo de produção de jogos seja consolidado já que nós, gamers, ganhamos títulos de maior qualidade com essa abordagem.

Spider-Man é exclusivo para PS4 e está disponível nas lojas desde 7 de setembro de 2018.


Willyan Cavalcanti

Para conter seus impulsos artísticos fomentados por splatoon e evitar carregar uma arma de água com tinta para sair pintando as ruas, Willyan Cavalcanti usa como válvula de escape seus demais hobbies como mangás, JRPGs e cozinhar como um cientista louco. Inspirado profundamente por Satoru Iwata e Stephen Hawking, o legado que move seu trabalho é a filosofia de que informação só tem alcance quando é dinâmica e acessível... Porque não uma delícia também?


2012-2017 | Meia-Lua