CD Projekt Red: Lançamento de Thronebreaker e GWENT deixando o beta

A série The Witcher fez e continua fazendo muito sucesso e a CD Projekt Red investe pesado na expansão do mundo de bruxos e monstros.
 

Thronebreaker: The Witcher Tales

 
No último dia 23 de outubro o jogo que nasceu como uma campanha solo que faria parte do jogo de cartas competitivo GWENT foi finalmente lançado e os jogadores poderão acompanhar a estória de Meve, rainha de Rivia e Lyria.

O jogador guiará Meve por sua jornada de destruição e vingança impulsionada pela ameaça de invasão dos Nilfgaardians.

Nessa aventura de RPG o jogador precisará mostrar habilidade na solução de quebra-cabeças e na manipulação de seu baralho de batalha.

Thronebreaker: The Witcher Tales está disponível para PC através da GOG.COM e chegará aos consoles PS4 e XONE no dia 4 de dezembro.

 

GWENT

 

Disponível há dois anos em acesso antecipado o jogo de cartas GWENT finalmente atingiu seu status de lançamento trazendo uma grande atualização.

Com a atualização Homecoming os visuais do jogo passam a ser ainda mais dinâmicos, com cada carta tendo ilustrações altamente animadas e agora o líder de seu exército estará ao lado de suas cartas em modelos inteiramente 3D.

Há também a introdução de árvores de habilidades para cada um das facções, ou seja, você poderá personalizá-las de acordo com seu estilo de jogo.

Gwent: The Witcher Card Game recebe hoje a atualização em sua versão PC e nos consoles Homecoming chegará no dia 4 de dezembro.


Renato Sevegnani

Formado em Ciências da Computação, por culpa dos jogos de computador e da BBS/internet, com especialização em qualidade de sistemas e atuando com certificação de sistemas de pagamento. Chato e coerente-incoerente. Profissional em começar jogos e livros e nunca terminar a maior parte deles. Prefere uma boa estória à qualidade gráfica, jogos por turno a tempo real. Acha que FPS tem que ser com mouse e teclado e que sensores de movimento são legais. Fã de dinossauros, Nintendo, cultura japonesa, cinema, zumbis, GURPS e Vampire. Quando lendo, prefere estórias fantásticas às com base no mundo real.


2012-2017 | Meia-Lua